segunda-feira, 1 de maio de 2017

Viajar cura depressão ?


Não está provado cientificamente que viajar ajude na cura da depressão, mas que faz um bem danado a qualquer um (e dá um sopro de vida pra muitos), isso nós temos certeza.

Doença séria e complexa é um dos males mais populares da atualidade e ainda que tenhamos ferramentas para tratá-la, nem todos têm sequer ânimo para utilizá-las. Viajar poderia ser um passo?





Segundo o fotografo , ele tinha um grande desejo de conhecer a Franca , porém uma das suas primeiras buscas por viagens foram atrás de hoteis em poços de caldas com piscina aquecida e também procurava por um bom hotel em ribeirão preto.



Depois de algumas ótimas viagens pelo Brasil  ele decidiu deixar tudo pra trás e viajou pela Ásia e América do Sul durante três anos. Registrou tudo em fotos e encontrou motivos para se reencantar com a vida. Após um início desesperado e uma vivência de três anos longe da sua ‘zona de conforto’ voltou agradecido.



Loffer publicou sua história no Reddit e lá recebeu (nos comentários) algumas críticas sobre como seria cômodo poder deixar tudo inesperadamente, durante tanto tempo e simplesmente sair a viajar, coisa que poucas pessoas no mundo poderiam fazer.
O viajante explica que conseguiu fazê-lo, mais por força de vontade que por dinheiro; que foi economizando ao máximo, pedindo carona e utilizando-se de couchsurfing, por exemplo.
Loffer não é o primeiro, nem será o último a fazer uma viagem do tipo, uma talvez, busca de si mesmo. São histórias de autoconhecimento, superação e para alguns até de coragem.
Abaixo algumas das fotos dessa viagem…




Mais uma história de inspiração e pra refletir sobre o quanto de vida há por aí, à sua espera…








Nenhum comentário:

Postar um comentário